Thursday, January 12, 2006


e é por sempre fugir assim que me acostumei com o posto de fugitiva

de retrato colocado em postes

fujo léguas

e fujo mesmo

de madrugada para você não notar

quando você dá um vacilo e se distrai com uma bobagem qualquer - uma bobagem que não seja eu

fujo com uma velocidade tamanha que às vezes no meio da correria, me perco até de mim

fujo porque tenho pavor de tudo isso aí que você diz sentir por mim

e porque sei que o surreal só funciona nos quadros de Dalí, mas não no amor

e fujo principalmente porque é muita responsabilidade carregar sozinha tanto sentimento e tanta admiração


Por ora, continuo aqui

e eis que ainda não me tornei sua fugitiva procurada

Seu passo tem sido mais rápido que o meu - talvez pelas recentes corridas matinais ou talvez porque você seja mais esperto que eu e conheça atalhos que ainda não vi.

Meu pedido é único

se um dia desistir, promete que procura por mim?

me encontrar é sempre lugar-comum


E comece a tomar lições de gramática

Especificamente o capítulo das conjugações verbais

E mais precisamente do verbo insistir

Porque sou moça quieta e caseira

sempre prestes à partir

.:ml:.


1 comment:

Lelos said...

Quem consegue viver sem a inquietude da sua mente "rancorosa" e "vingativa"?Amiga (menina) caseira e medrosa troque o acento do seu nome e tenha certeza da sua ambição...a Ma ira!REZO que não seja por medo.Eu estarei sempre aqui, morrendo de saudade!